quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015

Como evitar a compulsão


A compulsão alimentar é uma desordem caracterizada pela alimentação compulsiva, que faz com que a pessoa se sinta fora de controle e impossibilitada de parar de comer. Um episódio de desordem alimentar pode durar por meia hora ou pode se estender por um dia inteiro. Um comedor compulsivo come sem conseguir parar ou prestar atenção a o quê ele está comendo, mesmo que já tenha se sentido cheio há muito tempo. A compulsão alimentar pode fazer você se sentir mal do estômago, culpado e com uma sensação de descontrole. Se quiser saber como parar de comer compulsivamente, siga estes passos.


1 - Controle seu estresse. 
O jeito mais fácil de lidar com sua compulsão é controlar o estresse em sua vida para que você não tenha de comer um saco inteiro de salgadinhos na tentativa de combater a situação estressante.

Reflita. 
Por exemplo, se uma fonte maior de estresse em sua vida é a convivência com um colega de quarto insuportável, então esta pode ser a hora de livrar-se dessa situação para poder ficar mentalmente mais livre.
Faça atividades que o ajudem a se sentir mais tranquilo. Experimente yoga, meditação ou caminhadas longas. Escute Jazz ou música clássica. Faça o que for preciso para se sentir no comando de sua vida.
Tente ir para a cama e acordar todos os dias sempre nos mesmos horários, e certifique-se de descansar o suficiente. Você se sentirá muito mais capaz de lidar com situações estressantes se estiver bem descansado.

Crie um diário. 
Criar e manter um diário em que você possa escrever seus pensamentos, discutir seus problemas, e refletir após um episódio de alimentação compulsiva pode ajudá-lo a entrar em contato com os próprios sentimentos. Tirar um tempo de seu dia para pensar sobre suas ações e seus sentimentos pode gerar um grande impacto na sua forma de abordar a vida.
Você pode manter anotados os alimentos ingeridos durante os dias, desde que isso não o faça ficar obcecado com cada pedacinho de comida. Ocasionalmente, saber que você tem de escrever tudo o que come pode contribuir para evitar exageros.

Escute seu corpo. 
Aproveite um tempo para conectar mente e corpo. Será mais fácil compreender o que leva aos episódios de alimentação compulsiva e lidar com eles quando você conseguir reconhecer as mensagens que seu corpo lhe envia. Escute o corpo durante o dia para ter uma melhor ideia quanto às necessidades e desejos de seu sistema físico.
Siga a regra dos dez minutos antes de petiscar. Caso tenha desejo de comer algo, não ceda a ele instantaneamente. Espere dez minutos e reflita sobre o que realmente está acontecendo.
Pergunte-se se você está sentindo fome ou desejo. Caso esteja sentindo fome, então é preciso comer algo leve com pouca calorias como uma fruta ou uma salada antes que o desejo piore. Caso esteja sentindo uma poderosa vontade de comer  mesmo estando cheio, então é preciso encontrar um jeito de lidar com tal sentimento. Vá caminhar ou encontre algo para distrair-se.
Pergunte se você anda comendo por conta do tédio. Você anda visitando a geladeira por estar procurando o que fazer? Se sim, beba um copo de água, e encontre um jeito de permanecer ativo.
Permita umas pequenas indulgências a si mesmo de vez em quando. Se você estiver com uma vontade muito grande de comer manteiga de amendoim, então beba bastante água até saciar a fome. Isso evitará que você atinja seu limite (que seria comer um pote inteiro de manteiga de amendoim).

2 - Controle suas refeições sociais. 
Quando sair para jantar ou festejar, é natural que sua vontade de comer aumente, pois você sentirá menos controle sobre o ambiente e sobre as opções alimentares. Ainda assim, sair não deve ser uma desculpa para comer compulsivamente, e você ainda pode encontrar formas de evitar a compulsão mesmo estando em ambientes sociais ou em lugares repletos de comida.
Coma algo antes de sair (um prato de salada e muita água) ou evite de comer fora.
Você também pode chupar uma bala de hortelã enquanto a refeição não chega ou mascar chiclete.

Evite a tentação. 
Outro jeito de evitar a compulsão é ficar longe de situações que poderiam gerar a vontade de comer. Tomar medidas para evitar excessos dentro e fora de sua casa produzirá um grande impacto sobre a forma com que você aborda seus desejos. Evitar a tentação significa reconhecer uma situação de alto risco e criar um plano de jogo para lidar com ela. Eis o que fazer:
Experimente gastar mais de seu tempo social fazendo atividades que não envolvam comida. 
Convide um amigo para dar uma caminhada ou fazer uma trilha, ou encontre os amigos em um bar que não sirva comida.
Se estiver saindo para uma festa da família ou para um buffet que estará cheia/cheio de comidas e sobremesas deliciosas, leve uma opção saudável ou de baixa caloria para ter o que comer.
Leve seus próprios petiscos para lugares onde haverá lanches tentadores. Se você sabe que ficará tentado pela pipoca no cinema local, guarde um saquinho de pipoca de baixa caloria na sua mochila, ou leve consigo um saco de uvas ou outro lanche saudável.
Experimente ficar longe de alimentos pouco saudáveis enquanto estiver em uma festa.
Caso precise, mude sua rota enquanto dirige. Escolha um novo caminho caso não consiga passar pela sorveteria sem entrar lá e tomar um pouco de sorvete.
Remova lanches pouco saudáveis de sua casa. Você não quer remover todos os lanchinhos de sua casa apenas para sair correndo de casa em busca de um supermercado.

Encontre uma rotina de exercícios que lhe agradem. 
Os exercícios não apenas farão você se sentir mais saudável, como também melhorarão sua saúde mental e o farão se sentir no controle do próprio corpo. O truque aqui é fazer algo realmente aprazível para não sentir que os exercícios são apenas um jeito de compensar as compulsões. Os exercícios devem ser uma diversão, e não uma tortura.
Não faça nada que odeie. Se você odeia correr, vá caminhar ou escalar.
Experimente uma nova atividade, como dançar salsa, fazer Pilates ou jogar voleibol. Você se divertirá ao fazer algo de que goste.
Tenha um colega que possa ajudar-lhe na academia ou nos exercícios. Pedir para que um amigo se exercite com você fará com que a rotina de exercícios pareça mais divertida, o que o motivaria mais.

3 - Reflita após a compulsão. 
Após uma compulsão você sempre mia depois se punindo e sentindo a pior pessoa do mundo, mas ao invés de chorar pelo leite derramado como sempre aproveite o tempo para refletir sobre o porquê de isso ter acontecido, para evitar que o ato se repita. Assim que você se sentir sob controle algumas horas depois da compulsão, ou até no dia seguinte, você deveria recuar e pensar nos sentimentos e ações que o levaram a tal excesso. Você pode criar anotações ou escrever em um diário (diário alimentar ou não). 
Aqui estão algumas perguntas que você pode fazer a si mesmo:

Como você estava se sentindo antes do ataque compulsivo?
Você estava estressado por trabalhar demais ou por causa de um relacionamento, ou estava entediado e queria fazer algo? 
Se você esteve estressado, pergunte a si como seria possível controlar o estresse. Aprenda a reconhecer a "fome por tédio" e encontre um jeito de permanecer ativo para combatê-la, caso o tédio tenha sido o problema.
O que você comeu antes da compulsão? 
Você passou fome por horas, ou não gostou da refeição que foi feita algumas horas antes? 
É importante reconhecer seus momentos de fome verdadeira e ingerir refeições/lanches saudáveis nessas ocasiões. Encontre um jeito de temperar melhor sua comida caso não tenha gostado dela.
Você finalmente exagerou na comida que desejou comer a semana inteira? 
Caso venha desejando chocolate há dias, seria melhor comer um pedacinho dele como sobremesa, após uma refeição (mas que seja um pedacinho bem pequeno e que seja chocolate meio amargo com pouca caloria), em vez de prender esse desejo e acabar comendo quilos de biscoitos em determinado dia.

Isso são só algumas das coisas que podem nos ajudar nesse momento difícil, espero ter ajudado vocês boa sorte a todas nós e que sejamos fortes até chegarmos a "perfeição"!!! Bjos borboletas!!! ^u^ <3

Um comentário:

  1. EU TE AMO POR COLOCAR MISSING YOU ENQUANTO EU TÔ LENDO ISSO <3 A DARA É A THININSPIRATION <3 MINHAS MENINAAAAS! ~ ALÉM DISSO, AMEI AS DICAS! <3

    ResponderExcluir